12 de nov de 2009

Audiência Pública e visitas aos serviços fazem parte da Caravana Feminista

Última caravana do ano acontece no município de Pombos, Mata Norte de Pernambuco

De janeiro até agora, 250 mulheres foram mortas em Pernambuco. Com o objetivo de lutar pelo fim de todas as formas de violência contra a mulher, o Fórum de Mulheres de Pernambuco realiza, de hoje (12) até sábado (14), a 4ª Caravana Feminista. Cerca de 100 mulheres de 15 municípios da Zona da Mata Norte estarão reunidas na cidade de Pombos para discutir assuntos relacionados a violência sexista. Em paralelo, o movimento de mulheres fará visitas aos serviços públicos que atendem as mulheres em situação de violência na região.

Hoje (12), questões sobre gênero, saúde reprodutiva, trabalho e organização do movimento serão abordadas em plenárias, rodas de conversas e trabalhos em grupos. Amanhã (13) será realizada uma Audiência Pública na Câmara de Vereadores do Município, para discutir sobre os mecanismos de enfrentamento à violência contra a mulher na região. Foram convidados para a Audiência o Ministério Público e gestores dos municípios de Caricé, Goiana, Condado, Itaquitinga, Ferreiros, Buenos Aires, Tracunhaém, Timbaúba, Lagoa do Carro, Carpina, Nazaré da Mata, Lagoa de Itaenga, Vitória, Glória de Goitá e Pombos. Na região não há nenhum serviço de atendimento à mulher em situação de violência.

No sábado (14), as mulheres fazem uma ação de rua na feira livre da cidade, chamado "o toré das irreverentes", com o Grupo de Teatro Loucas de Pedra Lilás. Logo após o ato, saem em caminhada com mais uma Vigília Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, com cartazes e pipas com o número de mulheres assassinadas no Estado. A caravana tem a parceria do Centro das Mulheres de Vitória, Centro das Mulheres de Pombos, Centro das Mulheres Urbanas e Rurais de Lagoa do Carro e Carpina, Grupo de Mulheres Artmisia e Associação de Mulheres de Caricé.

Este ano, o Fórum de Mulheres de Pernambuco realizou três Caravanas Feministas: a primeira aconteceu no município de Palmares, e reuniu as mulheres em reivindicação a uma Casa Abrigo e a Delegacia da Mulher Regional. Em abril, o FMPE realizou a segunda Caravana com o apoio do Fórum de Mulheres do Araripe, e contou com a realização de uma Audiência Pública que reuniu representações do poder público daquela região. A última foi em Afogados de Ingazeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário