21 de ago de 2009

Jovens do Sertão de Pernambuco discutem sobre violência contra a mulher

A ação acontece durante o fim de semana, em Triunfo


Ampliar a discussão sobre violência contra a mulher e promover a troca de experiências entre jovens do interior de Pernambuco e Região Metropolitana do Recife. Esse é o objetivo do seminário "Políticas de enfrentamento à violência contra a mulher: o olhar da juventude", que acontece amanhã 22) e domingo (23), no SESC de Triunfo. A ação é promovida pelo Grupo Curumim e o Movimento de Trabalhadoras Rurais do Sertão Central de Pernambuco, em parceria com o Grupo de Teatro Loucas de Pedra Lilás, Fórum de Mulheres de Pernambuco, SOS Corpo e Sindicato de Trabalhadores Rurais de Pernambuco.

Para a coordenadora do Grupo Curumim, Sueli Valongueiro, o seminário irá promover o diálogo entre os movimentos e articulações da juventude. "Nós desenvolvemos ações de formação das mulheres. Com o seminário, queremos fortalecer as jovens para que elas se organizem em espaços de articulação e de proposição de políticas para a juventude", afirmou.

Durante o encontro, as participantes irão discutir a violência contra a mulher e suas interfaces com racismo, trabalho, AIDS e juventude. Ao todo, serão 70 jovens dos municípios de Serra Talhada, Custódia, Santa Cruz da Baixa Verde, Cedro, Calumbi, Triunfo, Flores, Mirandiba, Salgueiro, Serrita e São José do Belmonte.

A atividade terá participação de instituições como Sociedade de Jovens Negras de Pernambuco, Rede de Jovens do Nordeste, Articulação Nacional de Jovens Feministas, Movimentos de Adolescentes do Brasil, Coletivo de Jovens Feministas de Pernambuco, Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco, Secretaria estadual de Juventude e Emprego, Conselho Estadual de Políticas Públicas para a Juventude e Rede de Jovens do Nordeste. Também estarão presentes representantes de organizaçõs internacionais, como Colisão Global de Jovens contra a AIDS-GYCA, Associação Cabo Verdiana de Mulheres Juristas e Rede Trama, essas duas últimas de Cabo Verde e da Argentina, respectivamente.

O seminário é uma das atividades do projeto "Meninas jovens e adolescentes: conhecendo direitos e mecanismos para o enfretamento à violência contra as mulheres", do Grupo Curumim, que desde 2008 desenvolve ações de formação continuada de jovens do interior do Estado para o exercício da cidadania e o enfrentamento à violência contra a mulher.

Nenhum comentário:

Postar um comentário