28 de mai de 2009

Instituições recebem homenagem pela atuação no caso da menina de Alagoinha

Hoje (28), o Grupo Curumim, o SOS Corpo e o Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (CISAM) receberão uma homenagem pela atuação no caso do aborto realizado na menina de Alagoinha (PE) que engravidou de gêmeos após ser violentada pelo padrasto. Representantes das instituições receberão um livro com mais de 10 mil assinaturas coletadas entre os dias 05 e 31 de março deste ano, por meio de uma campanha realizada na internet a favor da atitude das organizações. A homenagem é promovida pela Comissão de Cidadania e Reprodução (CCR) e acontece durante o seminário "Mortalidade Materna e Direitos Humanos no Brasil", realizado em São Paulo.

Durante o seminário, serão relembrados os 20 anos do serviço de aborto legal no Brasil. Além da homenagem, serão realizadas conferências que abordarão o tema da mortalidade materna sob perspectivas de saúde pública e direitos humanos. O objetivo é sensibilizar as autoridades e a opinião pública para os problemas a respeito da saúde da mulher e alertá-los para a prevenção das principais causas de morte materna. O seminário faz parte da programação do Dia Mundial da Saúde da Mulher e de Combate à Mortalidade Materna, comemorado hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário