24 de nov de 2008

Mulheres querem ampliação dos serviços para as vítimas de violência

A partir de hoje (24), o movimento de mulheres de Pernambuco vai às ruas para reivindicar a implementação da Lei Maria da Penha e a ampliação dos serviços de atendimento às mulheres vítimas de violência. Nesta segunda-feira haverá apitaço no Cordeiro, caminhada em Paulista, mostra de filmes no Córrego do Euclides, além de rodas de diálogo no Alto José Bonifácio e em Estrada de Passarinho. Amanhã (25), a Praça da Independência será ocupada durante todo o dia por atividades educativas, uma audiência pública com participação de gestores e da população e uma caminhada em direção ao Palácio da Justiça. No mesmo dia, serão fixadas em um grande varal, 245 pipas com os nomes das mulheres assassinadas até o dia 18 deste mês. As ações fazem parte do Dia Internacional pelo Fim da Violência contra a Mulher.

O Fórum de Mulheres de Pernambuco está convocando os familiares das mulheres vítimas de violência para que estejam presentes na audiência pública, que iniciará às 15h, na Praça da Independência. As entidades integrantes da articulação feminista estão convidando representantes dos governos estadual e municipais, além de representações do Ministério Público de Pernambuco e do Tribunal de Justiça. Pernambuco continua com poucos serviços disponíveis para as mulheres vítimas de violência. Dos mais de 180 municípios, apenas dois possuem centro de referência e casa abrigo (Recife e Olinda) e somente quatro cidades possuem delegacias especializadas. Os serviços de atendimento às vítimas de violência sexual estão centralizados na capital, o que dificulta o acesso às moradoras de outras regiões.

Números – Segundo a Secretaria de Defesa Social, as Delegacias da Mulher receberam de janeiro a outubro, 8.231 denúncias; só no mês de outubro foram feitos 872 boletins de ocorrência.

Confira abaixo a programação:
24.11 Segunda-feira Apitaço pelo fim da violência contra as mulheres
Objetivo: Reivindicar pela Implementação da Lei Maria da Penha Hora: 15h30Local: Saída da Rua Gomes Taborda, em frente ao supermercado Kennedy e vai até a Delegacia do Cordeiro. Caminhada pelo Fim da Violência Contra as MulheresHora: 16hRealização: Flor do Mandacaru - Paulista Roda de diálogo: Mulheres Enfrentando a Violência - Uma Experiência ColetivaHora: 16hLocal: Sede do Grupo de Mulheres Cidadania Feminina. Rua Amós, 120 - Córrego do Euclides. Informações: (81) 3268-9582. Apitaço e Apresentação de Curtas Metragens pelo Fim da Violência Contra as MulheresHora: 19hLocal: Concentração e saída da sede do Grupo de Mulheres Cidadania Feminina. Rua Amós, 120 - Córrego do Euclides. Informações: (81) 3268-9582. Roda de Diálogo Autonomia Econômica das Mulheres Negras Hora: 19hLocal: Grupo Espaço Mulher na Estrada do Passarinho, 3400, Passarinho. Informações: (81) 9295-5480 3451-9825 25.11

Terça-feira 25 de Novembro: Dia de mobilização pelo Fim da Violência Contra as Mulheres.Exposição do Movimento de Mulheres pelo Fim da ViolênciaHora: 9hLocal: Praça da Independência Audiência Pública - Sobre os serviços de violência contra a mulher no Estado e implementação da Lei Maria da Penha Hora: 15hLocal: Praça da Independência Vigília pelo Fim da Violência Contra as Mulheres Hora: 16h30Roteiro: saída da Praça do Diário em direção ao Tribunal de Justiça. Apresentações artísticas no Pátio de São Pedro Hora: 19h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário