29 de abr de 2008

Um ano de legalização do aborto no México

Na quinta-feira passada, 24, a Folha e O Estado de S.Paulo publicaram pequenas notas sobre o aniversário de um ano da lei que descriminalizou a prática do aborto voluntário até 12 semanas de gravidez, na Cidade do México.

A Folha de S.Paulo citou dados divulgados pelo secretário de Saúde da capital mexicana, Manuel Mondragón: ao todo foram realizados 7.820 abortos desde abril de 2007, sendo 78% em mulheres residentes da região, e 2% em mulheres de outros países. Apenas 5% das intervenções tiveram como causa o risco à saúde da gestante. O Estadão acrescentou que somente 4% das intervenções apresentaram complicações e que houve um caso de morte, de uma jovem.

Vocês podem acessar a postagem completa no site:
www.mulheresdeolho.org.br

Um comentário:

  1. Companheiras do Curumim, parabéns pelo trabalho que vocês fazem pelos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres e pela iniciativa da blogagem. Tomrara que seja mais um espaço para somar força e nos enredarmos para enfrentarmos os enormes desafios pela saúde das mulheres. Telia Negrão, Rede Feminista da Saúde

    ResponderExcluir