30 de abr de 2008

Em defesa do parto humanizado

Toda mulher e todo homem tem o direito de decidir livremente e com responsabilidade se querem ter filhos e o melhor momento para isto. Aos governos cabe oferecer e garantir acesso a informações e serviços humanizados e de qualidade.

Conheça abaixo as principais características do parto humanizado e exija seus direitos:

- acesso à informação e esclarecimentos sobre o que está acontecendo desde o início da gravidez até depois do parto. todos os procedimentos devem ser consentidos pela mulher.

- respeito à cultura, aos costumes e às práticas tradicionais de cada mulher.

- a mulher pode escolher o local do parto (em casa, casa de parto ou maternidade), bem como, deve ser ela a escolher a melhor posição que vai ter sua criança.

- todo profissional deve respeitar a intimidade e a privacidade da mulher.

- o períneo só deve ser cortado se realmente houver necessidade, mesmo no primeiro parto.

- nenhuma mulher deve ser submetida a uma cesárea sem informação, por conveniência ou comodidade.

- a mulher e a criança devem estar sempre juntas e a amamentação imediata, antes mesmo de cortar o cordão umbilical, previne hemorragias e estabelece o vínculo entre mulher e criança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário