25 de nov de 2009

Dia de Luta pelo Fim da violência contra a mulher

Hoje(25) acontece o Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher. No Recife, a data será marcada pela Vigília Pelo Fim da Violência e Pela Liberdade das Mulheres. A última vigília do ano vai reunir mulheres do interior de Pernambuco e da Região Metropolitana do Recife para tornar pública sua indignação frente à violência de gênero no Estado, cobrando dos governos a responsabilidade constitucional para com a garantia e proteção da vida e da segurança das mulheres.

Militantes do Fórum de Mulheres de Pernambuco e de outros movimentos sociais estarão na Praça do Diário, a partir das 15h, com pirulitos que terão o nome das mulheres assassinadas e faixas. As pipas no céu irão simbolizar a liberdade que as mulheres desejam.

A estatística de 260 homicídios de mulheres só este ano mostra que as pernambucanas não fazem parte da redução de 12% de homicídios do Estado de Pernambuco. O que reflete a falta de políticas públicas voltadas para as mulheres, como a rede de serviço de atendimento à mulher em situação de violência, tão reivindicada pelo movimento.

Quase todas as mulheres assassinadas este ano foram vítimas de agressões praticadas por parceiros atuais ou por ex-companheiros, no ambiente familiar e doméstico. Mas sabemos que, crescentemente, as mulheres também têm sido assassinadas por agressores desconhecidos, o que as deixam duplamente vulneráveis.

É necessário que as políticas de segurança pública sejam conectadas a outras políticas, dentro de uma ação de intersetorialidade com as demais Secretarias ou áreas de Governo (saúde, educação, cultura etc). Só deste modo as pernambucanas terão alguma chance de denunciar a situação de violência em que vivem (só na delegacia da mulher foram 7 mil denúncias este ano).

Nenhum comentário:

Postar um comentário