20 de mar de 2009

Relatório das desigualdades raciais no Brasil é apresentado no Recife

A Oxfam GB, uma entidade sem fins lucrativos que busca soluções para a pobreza e a desigualdade social, vai lançar, na próxima quarta-feira (25), o Relatório Anual das Desigualdades Raciais no Brasil. O material, que foi organizado pelo Laeser, do Instituto de Economia da UFRJ, e tem o apoio da Oxfam Novib, Fundação Ford, Uniafro e Memória do Trabalho, revela dados sobre o perfil da mortalidade brasileira segundo a cor ou raça, as desigualdades no acesso ao sistema de ensino, entre outros indicadores.

Durante o evento, um dos organizadores da publicação, o professor do Instituto de Economia da UFRJ, Marcelo Paixão, irá apresentar as conclusões da pesquisa. Também participará do debate a advogada e conselheira gestora da ONG Observatório Negro, Ana Paula Maravalho.

O lançamento acontece na Livraria Cultura, localizada no Paço Alfândega, às 18h30. A entrada é gratuita.

O livro

No capítulo de introdução, são apresentados, sob forma de um jogo de perguntas e respostas, os principais objetivos do estudo e a sua importância para a discussão da igualdade racial no Brasil. Ao longo de oito capítulos, são publicados dados referentes a desigualdade racial brasileira, abordando indicadores como evolução demográfica, perfil de mortalidade, acesso ao sistema de ensino, desigualdades no mercado de trabalho, condições materiais de vida e acesso a políticas públicas.

O relatório ainda aborda dados sobre crimes de racismo e coloca em discussão o fato do Dia Nacional da Consciência Negra não ser considerado um feriado nacional, tendo em vista a existência de seis feriados nacionais baseados no calendário cristão. A publicação ainda contém vários gráficos, tabelas e mapas temáticos que ilustram um dos maiores estudos já realizados no Brasil sobre as relações e desigualdades sócio-raciais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário